sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Como gravar seu Vídeo Caseiro de sexo sem entrar numa roubada

Muita gente tem o fetiche de se filmar fazendo sexo, para depois assistir ao filme do ladinho do parceiro. Essa pratica, inclusive, pode render novas sessões de sexo, pois pode ser muito excitante se ver na cama com a pessoa desejada.


Hoje vou dar dicas de como aproveitar este fetiche de forma segura, afim de evitar que o seu vídeo caia na rede e te coloque numa situação constrangedora. 





É claro que 100% seguro só mesmo se não houver filmagem. Mas aí não tem graça, né?! Ninguém deveria limitar sua vida sexual por causa da sociedade, mas como sabemos que não é assim que a coisa funciona, então às vezes precisamos ceder e aprender.

A propósito: esse texto é bastante voltado para as mulheres, pois quando um vídeo de sexo vaza, infelizmente são elas as mais discriminadas. 

GRAVE, ASSISTA E APAGUE


Essa é a dica mais básica. Faça o vídeo, veja com seu parceiro no mesmo dia, brinque um pouco e apague em seguida. É um bom jeito de minimizar os riscos. Se você quiser ver de novo, grave outro vídeo. Bom que é um ótimo pretexto para fazer mais sexo e tentar filmar novas posições. Mas se você gosta de guardar o vídeo, continue lendo o texto. 

NÃO CONFIE PLENAMENTE


Hoje é só amor, mas uma pessoa ressentida é capaz de tudo. São poucas as pessoas que conseguem terminar o relacionamento numa boa, sem fazer coisas imaturas para prejudicar o outro. 

Falando nisso, deixe para fazer esse vídeo com pessoas com quem você tem uma relação de longa data. Ficantes esporádicos são arriscados, pois você nem sempre conhece a índole do sujeito.

SE QUISER GUARDAR O VÍDEO, GUARDE VOCÊ MESMA


Não deixe cópias com o namorado/marido. Armazene sempre em mídias móveis. Deixe o vídeo em CDs e pendrives, fica mais fácil esconder. 

Se armazenar no seu computador, por exemplo, pode acontecer de precisar mandá-lo para o conserto às pressas e ter uma bela surpresa depois (lembre-se de que o computador pode estragar de repente, de um jeito que você não vai conseguir religá-lo nem para apagar o que não devia estar lá). 

Tenho um amigo que já trabalhou em manutenção de computadores e adianto: os técnicos fuçam tudo mesmo! E ainda ficam conversando entre si sobre as coisas que encontraram nos computadores dos clientes.




ARMAZENAMENTO EM CELULAR? NEM PENSAR


Um dia você está andando na rua, aí seu celular é surripiado por um ladrão que passa correndo e leva. Pronto. No mesmo dia, pode apostar que seu vídeo vai estar num site de amadoras.





VOCÊ PODE GRAVAR UM VÍDEO SEM MOSTRAR O ROSTO


Pode filmar só as partes íntimas. Ou usar perucas e máscaras (como essa Máscara Mulher Gato). Fique alerta apenas a sinais específicos que possam te delatar como pintas, tatuagens, cabelos de cores exóticas.


UM AMBIENTE POUCO ILUMINADO AJUDA A ESCONDER A IDENTIDADE


Use velas como a Sexy Candy Vinho e acenda o suficiente apenas para a imagem aparecer no vídeo. Ou então fique contra a luz. Coloque um abajur atrás de vocês, de modo que ele destaque apenas a silhueta dos corpos, esse efeito inclusive cria uma imagem super sexy.

E se vazar?

Bem, estas dicas não te excluem do risco de ter a sua vida intima exposta na internet. Mas auxiliam a proteger um pouco a identidade. 

E se vazar você vai ter que encarar o problema.

Eis como superar: 




- LEMBRE-SE: VOCÊ NÃO FEZ NADA DE ERRADO.


Sexo é lindo, é gostoso, é maravilhoso. Errado foi quem vazou o vídeo sem sua autorização. Sei que é difícil, mas não deixe a sociedade fazer sua cabeça. Diga essa frase todos os dias: “Eu não errei, sexo não é crime, não vou sentir vergonha por isso”. 





- FIQUE LONGE DA INTERNET POR UNS TEMPOS


Não fique vendo a repercussão do vazamento, lendo comentários em sites, lendo notícias a respeito. A internet está cheia de gente que comenta atrocidades só para aparecer e isso só vai fazer mal.

Não sinta necessidade de se explicar. Mais uma vez, você não fez nada de errado. 

- VAI PASSAR


Sim, parece que não, mas vai passar. Logo, logo acontece outra coisa que vai superar o vazamento do seu vídeo e as pessoas vão esquecer. É complicado, eu sei, mas tente ser otimista. 

- SE SENTIR QUE ESTÁ DIFÍCIL SEGURAR A BARRA, PROCURE AJUDA.


Conversa com amigas, com a mãe, tia e até mesmo com um terapeuta. Só não se deixe abater. A pessoa que vazou seu vídeo não vale isso.





A OPINIÃO DELE...


Sou a favor de filmar o sexo. Homem adora assistir a video amador, talvez até mais do que os profissionais. Porque filme profissional é profissional, ou seja, situações irreais com mulheres surreais e interpretação. 

Na hora de filmar o vídeo caseiro não vai ficar bom, cinematograficamente falando, até porque provavelmente vai ser feito usando só uma camera doméstica. Isso não quer dizer que, com o passar do tempo, não se aprenda os melhores ângulos e quem sabe até usar mais de uma câmera.


Quanto ao vídeo que vaza, tem pilantra de todos os tipos. O ideal é apagar o video mesmo. Normalmente quem vaza é quem faz outros tipos de canalhices. Na dúvida, também dá para usar programas de edição de vídeo para borrar o rosto das pessoas. Aprenda na internet como fazer isso, depois apague o original e pronto.


segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Conheça 13 doenças que o sexo ajuda a prevenir

Se antes você já gostavam de sexo, agora definitivamente você tem mais treze motivos para fazer todos os dias. Afinal, além de transar ser uma delícia, ainda previne muitas doenças e problemas psicológicos.






Você sabia que manter relações sexuais faz bem para a pele, e que um orgasmo é equivalente a 3mg de diazepam (relaxante muscular) - deixando seu corpo amortecido e relaxado?

Então confira 13 doenças que o sexo previne e descubra o porque dor de cabeça não é mais motivo para não transar - risos:


1) Estresse


Para a nossa alegria, endorfinas mil são liberadas durante o sexo, fazendo com que você se sinta muito bem e alivie as tensões;






2) Coração

Pesquisas comprovam que quem faz sexo duas ou mais vezes por semana diminui a tendência de desenvolver problemas cardíacos;





3) Memória


Além de ser uma delicia gozar, ainda como cereja do bolo, a sensação aumenta a circulação do sangue e transporta mais oxigênio para o hipotálamo - parte do cérebro responsável pela memória;



4) Depressão


Aposto que essa você não sabia: um orgasmo é equivalente a 3 mg do sedativo diazepam, ou seja, a endorfina liberada durante o sexo ajuda os que tem problemas com a depressão;





5) Fertilidade

Quanto mais o homem fizer sexo e/ou se masturbar, de melhor qualidade vai ser seu esperma. Então já sabe, sexo uma vez por mês não engravida – quase – ninguém. Transe muito;


6) Dores

Além da sensação de bem estar, a endorfina também traz sensações parecidas com a da morfina. Logo, a desculpa da dor de cabeça não cola mais, viu? Risos;


7) Câncer de Próstata

De acordo com pesquisas da universidade de Nottingham, homens com mais de 50 anos com vida sexual ativa têm menos chances de desenvolver câncer de próstata;






8) Imunidade

Se você tem pelo menos duas relações sexuais por semana, seu sistema imunológico vai estar mais protegido do que o das pessoas que não transam. Pessoas sexualmente ativas têm, em média, 30% mais imunoglobina que os encalhados;


9) Obesidade


Sexo bem feito vale mais do que horas na academia, afinal exige esforço de ambos os lados. Uma pesquisa do WebMD constatou que 30 minutos de sexo queimam em média 85 calorias e também dá uma forma bonita à silhueta feminina;


10) Sono


Chega de tomar um monte de remédios para dormir: além de ser grátis e delicioso, o sexo ainda libera oxitocina no sangue, que faz o ser humano ficar sonolento e capotar;






11) Câncer de mama

Ter os mamilos estimulados durante o orgasmo produz oxitocina - um hormônio que reduz a ansiedade e previne contra o câncer de mama;


12) Pele

Enquanto você investe uma grana em produtos de beleza, sabia que durante a relação sexual, o hormônio dehidroepiandrosterona é liberado, reparando os tecidos e deixando a pele mais jovem? Babado!





13) Musculatura

Além de ser um exercício ótimo para os músculos em geral, os da região pélvica são ainda mais beneficiados – no caso da mulher. A contração do períneo faz com que elas tenham mais prazer durante as relações sexuais.


Está ai 13 motivos para você voltar a fazer sexo regularmente com seu parceiro(a).

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Mitos que as pessoas criam sobre motéis



Piscinas, banheiras de hidromassagem, enxovais e cozinhas de motéis são os pontos de maior interesse dos hóspedes e aqueles que geram as dúvidas mais frequentes antes de irem ao local. Por isso, o Papo de Motel vai te explicar à fundo os 7 mitos que as pessoas mais criam sobre os motéis e como eles são gerenciados dentro dos motéis na prática. Chega de “achismos” e tabus e bora curtir os motéis mais bacanas da sua cidade!





Há alguns anos, os motéis de todo o Brasil vêm passando por um processo de modernização do conceito e busca constante pela alta qualidade na prestação de serviços, seguindo os mesmos moldes oferecidos no setor hoteleiro. A diferença para os hotéis é que os grandes motéis ainda preservam o seu “algo a mais”: aquela espécie de local “secreto” para ir a dois, uma inspiração mais sensual e toda uma equipe preparada para que o seu momento a dois seja o mais íntimo e agradável possível.







Os motéis existem no Brasil há cerca de 35 anos. Dados indicam que o primeiro estabelecimento nacional deste tipo surgiu em São Paulo e funcionava como uma espécie de clube! Acredite, tinha até carteirinha e cobrança de mensalidade.




Desde então, o segmento moteleiro foi passando por um processo de mudança e modernização (e nós consultamos alguns empresários sobre esta evolução!). Vem ver:

1. Arquitetura, decoração de motéis e novos recursos de suítes de motéis


“Motéis têm conotação muito sexual para eu ir com o meu namorado!” – Mito!

As transformações dos motéis já podem ser vistas na decoração dos ambientes, que seguem uma tendência mais “clean”.




Geralmente em motéis que se destacam, as suítes apresentam traços modernos e luxuosos, como uma espécie de flats nova iorquinos. O hóspede ainda tem mais flexibilidade para escolher a suíte que deseja, caso queira um espaço mais clássico ou mais sensual, com apetrechos de Sex Shop, por exemplo!







2. Limpeza de hidromassagens de motéis


“É preciso despejar água quente antes da utilização da hidromassagem!”– Mito!

Muitas pessoas não se sentem confortáveis em usufruir de uma hidromassagem de motel, por acharem que o local não é suficientemente higiênico, pelo simples fato de outras pessoas já o terem utilizado. Contudo, saiba que não é necessário despejar água quente antes da utilização!





As banheiras de hidromassagem são sempre higienizadas e esterilizadas em dois processos, da mesma forma que em hotéis, pousadas e spas. A primeira etapa é a higienização da tubulação com um produto a base de cloro, já no outro processo é feita a esterilização de toda a superfície da banheira, utilizando os mesmos padrões empregados nas hidros de hotéis, pousadas e spas.





3. Limpeza de piscina de motel


“Piscina de motel não é tratada!” – Mito!

As piscinas dos motéis são seguras, já que recebem o mesmo tratamento de piscinas de clubes, hotéis, spas, academias e condomínios. A água é tratada com cloro, conforme determinação da legislação específica, e os filtros ficam ligados 24 horas todos os dias. Outro ponto de destaque é que, no caso dos motéis, a rotatividade na piscina é menor, se comparado com outros locais, que têm as suas piscinas utilizadas por um grande número de banhistas. Por isso, a próxima vez que você for a um motel, poderá se jogar na piscina aquecida, sem medo!






4. Utensílios das suítes de motel


“Os objetos dos motéis não devem ser limpos, melhor não encostar!”– Mito!

Assim como locais públicos, cadeiras, equipamentos de academias, cadeiras de praia, clubes e condomínios, etc. se não forem bem higienizados podem apresentar perigos de contaminação. É por isso que os ambientes dos motéis são muito bem higienizados, desde o banheiro até o piso do chão, cama, sofá e afins.




5. Possibilidade de acesso do hóspede


“A maioria dos motéis não tem porta para pedestres, ou seja, se você não tem carro, tem que entrar de Uber ou Táxi.” – Mito!

A maioria dos motéis oferece acesso ao pedestre, sem que ele tenha que entrar com veículo. Afinal, o que os motéis querem é que, a partir da sua entrada, você seja livre para viver uma experiência inesquecível. 

6. Lavagem de enxovais de motéis


“Tenho medo de usar toalha de motel e acho que os lençóis não são sempre trocados” – Mito!

Todos os lençóis e toalhas são lavados após uso. Alguns motéis contam com lavanderias terceirizadas que fazem a higienização.






Lá o processo é feito internamente em uma lavanderia do tipo industrial com grandes tanques e secadoras que garantem a esterilização completa das peças (lençóis, toalhas, cobertores, etc.). Tudo isso com o auxílio de pessoas que manipulam e fazem controle de qualidade dos processos e produtos colocados à sua disposição na suíte.




7. Comida de motel


“Comida de motel é sempre da pior qualidade!” – Mito!

Essa nova fase também está relacionada com as cozinhas dos motéis, que já oferecem opções no cardápio preparadas por chefs de cozinha renomados. Mas mesmo com tantas modernidades e avanços, existem dúvidas que persistem e que se tornaram mitos sobre os estabelecimentos moteleiros.





Foi-se o tempo em que comida de motel se resumia a lanches, pizza e opções rápidas, da pior qualidade. Felizmente, hoje, a realidade é bem diferente (e pode ser até melhor do que muitos restaurantes finos espalhados pela cidade). Há diversos motéis que oferecem gastronomia internacional e contam com chefs renomados para assinar cardápios, tornando a experiência até melhor do que o jantar em um restaurante, tanto pela qualidade da comida, quanto pela intimidade do jantar a dois.





Postagens mais visitadas