segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019

O que é uma mulher 'boa de cama'?



Não acredito nesses manuais que as revistas femininas anunciam em suas chamadas de capa: "dez passos para o oral definitivo" ou "trinta lições para enlouquecê-lo de tesão". Sexo é química, não uma unanimidade. O que me faz gozar pode não funcionar com você, não é formula mágica, afinal cada uma de nos reagimos diferentemente uma das outras.





Dicas para ser uma mulher boa de cama



É claro que você pode, e deve, colocar sua imaginação e criatividade para funcionar. Impulsionada pelo desejo, abra sua mente e siga algumas de nossas sugestões para ser uma mulher boa de cama.




1. Fuja do óbvio


Os homens têm dificuldade em manter o interesse por algo que se repete o tempo todo. Não deixe que o sexo vire rotina. Avalie ter novas experiências, esteja aberta ao novo e saiba que estar diante do inesperado pode ser extremamente excitante.


Que tal começar a seduzir com uma dança erótica? Aprenda movimentos que despertem o desejo de seu parceiro, treine o olhar, o toque. Esquece limites quando exibe seu corpo.





2. Capriche no sexo oral


É praticamente um consenso entre os homens: uma mulher boa de cama capricha no sexo oral. Este é um dos principais responsáveis por esquentar a relação sexual. Não ter vergonha e deixar claro que está fazendo por prazer – e não porque o parceiro pediu – é, acredite, extremamente excitante.

Mas se você acha que já sabe tudo até aqui, não pare, siga a leitura. Saiba que o segredo para o sexo oral perfeito é usar as mãos, a língua e não se limitar aos movimentos repetitivos.




3. O sexo verbal



Sim, falar também faz parte da relação sexual. Eles adoram ouvir em sussurros seus desejos. Por isso, jogue-se nas palavras quentes. Não é vulgar se acontece entre quatro paredes e na intimidade do casal. Fique tranquila.





4. Cuide da aparência



Estar com a depilação em dia, cheirosa e com uma linda lingerie, que valorize seu corpo, é fundamental para que o sexo flua bem. Isso lhe dará segurança para propor tudo o que sugerimos até aqui. É preciso ter a confiança de que está linda. Cuidar de seu corpo é excitante, experimente.



Eu Cássia! Sempre se cuidando para o meu marido! 




Comentem:

quarta-feira, 27 de junho de 2018

Mulheres modificam mamilos para deixá-los parecidos com coração






Uma nova transformação corporal tem feito sucesso. Mulheres têm mudado o formato da auréola dos mamilos para deixá-los parecidos com um coração. A técnica é conhecida como "tittooing", segundo o jornal inglês "Daily Telegraph".




A tendência surgiu em Liverpool, na Inglaterra. De acordo com o jornal, o procedimento é semipermanente e consiste, com ajuda de tatuagem, em escurecer, ampliar e definir a auréola dos mamilos no formato desejado, no caso coração.




O procedimento leva duas horas e pode custar mais de R$ 5 mil para fazê-lo nos dois mamilos. Como não é definitiva, ele permanece por um período de 12 a 18 meses. Por isso, é necessário fazer novas aplicações para restaurar caso a cor desapareça.




Já tem mulheres que escolhem ser mas prática fazendo tatuagem como uma forma mais barata para esse tipo de estética. veja nas fotos abaixo




 ou até mesmo piercing



Comentem:

sábado, 16 de junho de 2018

O poder das terapias de casal para aumentar o desejo


3 Tipos de Terapias de Casal para aumentar o desejo


Além de identificar o problema e as razões para a falta de sintonia que está rolando, as terapias abordam técnicas para que o casal trabalhe na prática as questões relacionadas ao prazer. São terapias de casal envolvendo corpo e mente, fundamentais para casais que sofrem com falta de desejo, ejaculação precoce, pouco sexo, anorgasmia, monotonia sexual, falta de sintonia na cama, disfunção erétil, dor na penetração e falta de predisposição para a atividade sexual. Também podem usufruir de diversas técnicas aqueles mais safadinhos, que adoram descobrir coisas diferentes para apimentar a vida a dois.


1. Terapia de Casal: Psicoterapia de Casal e Coach da Sexualidade






Através de técnicas específicas, tanto o terapeuta quanto o coach de sexualidade auxiliarão a identificar o problema, para que o casal encontre a melhor solução.

A diferença entre as terapias de casal e o coach de sexualidade, no entanto, está relacionada com a maneira como as sessões de desenvolvem. Na terapia de casais toda abordagem é feita por um psicólogo especialista em sexualidade, que busca, a partir dos ensinamentos da psicologia avaliar medos, traumas, ansiedades e inseguranças que impactam a vida sexual do casal.

No caso do coaching, existe mais uma identificação objetiva do problema e a aplicação de técnicas que podem ajudar na solução.



Os resultados de ambos, obviamente, estão ligados ao empenho do casal em reconhecer a questão e buscarem juntos a melhor solução.



2. Terapia de Casal: Mindfullness com Casais







O Mindfullness para casais está na super na moda e pode ter resultados surpreendentes para quem anda com uma relação meio morna. De maneira simplificada, Mindfullness significa “atenção plena”, ou seja, estar integralmente focado naquilo que se está fazendo.

Hoje todo mundo é bombardeado por mil informações, distrações e responsabilidades. Com uma vida corrida e cheia de tarefas é difícil não levar inúmeros problemas do dia a dia para cama. E, aí, não há tesão que aguente!

As técnicas de Mindfullness ajudam os casais a deixarem de lado os problemas e preocupações do dia a dia para aproveitarem melhor o sexo de forma integral.

A ideia aqui também é tirar o lado mais mecânico do prazer, que muitos casais acabam desenvolvendo com uma rotina.

Através desse método, os casais passam a se preocupar mais com o corpo, suas reações e seus estímulos. A preparação para o sexo também é importante. Isso ajuda a deixar as neuras de lado para aproveitar simplesmente o momento e o prazer a dois.



Existe prazer mesmo na rotina? Quem experimentou o Mindfullness anda dizendo que sim. E muito!



3. Terapia de Casal: Terapia Tântrica com Casais








A vida moderna e a rotina fazem com que muitos casais transformem o sexo uma prática mecânica, focada apenas no orgasmo e no gozo. Porém, explorar o corpo e seus sentidos também é fundamental para quem quer atravessar as fronteiras, descobrir, inovar e apimentar uma relação.

Para muitos casais, as terapias tântricas vêm promovendo verdadeiras revoluções! Através de massagens que visam estimular a região perineal, combinadas com técnicas de respiração, os casais aprendem como explorar melhor o prazer a dois, através de rituais íntimos que combinam movimentos suaves e intensos, carícias e penetração. As massagens têm sempre o objetivo de explorar de forma profunda o prazer, sem tanta preocupação com o gozo.

Nas terapias tântricas, o sexo não se resume ao orgasmo e tudo deve ser explorado. Por isso, muitos parceiros passam a resgatar a sensação de novidade perdida com a rotina e aprendem a explorar todos os sentidos na hora do sexo.



Outras técnicas como strip tease, outras técnicas de massagens e até pole dancing podem ser utilizadas para apimentar a relação e resgatar o desejo. No entanto, o contato com um profissional pode fazer toda a diferença, já que um psicólogo ou mesmo coach de sexualidade ajudam o casal a entender os reais motivos que estão causando a tal “falta de química”! Desejar e se sentir desejado na cama é fundamental para a vida a dois. Quem provou dessas técnicas dizem que elas são poderosas e podem fazer toda a diferença!




Comentem: 

sábado, 9 de junho de 2018

Conheça mais um fetiche: crossdressing



O crossdressing é o termo dado tanto a homens como mulheres que gostam de se vestir como o sexo oposto, sem que isso interfira na sua sexualidade. Ou seja, mesmo que o homem use vestido, brinco e bolsa ele vai continuar sentindo atração física por mulheres. Mesmo que o termo designe também mulheres que se vestem como homens, esse fetiche sexual é mais comum de se manifestar entre os garotos.







O termo ao pé da letra quer dizer justamente vestir-se ao contrário, sendo que o seu objetivo principal é o de representar, de forma verossímil, a figura do sexo oposto. Claro que para tanto, é preciso fazer uso dos apetrechos que geralmente as mulheres usam: roupas, calçados, maquiagem e acessórios, mas também se valer da forma como falam, gesticulam e caminham.







conheça melhor os gêneros que encontramos no Brasil








Crossdresser



Comentem:

quarta-feira, 6 de junho de 2018

Fantasias sexuais causam polêmica

Pesquisadores da Universidade de Montreal, em Quebec, Canadá, entrevistaram 1.517 pessoas com aproximadamente 30 anos de idade, para descobrir seus desejos.






Foram apresentadas 55 fantasias sexuais a 799 homens e 718 mulheres, entre heterossexuais e gays. Os voluntários deveriam dar notas entre 1 e 7 (sendo 1 se não concordassem e 7 se concordassem totalmente) para afirmações variadas. Além das 55 opções, os cientistas também pediram para os voluntários descreverem detalhadamente qual era a fantasia favorita que não estivesse listada.

“As teorias da evolução biológica não conseguem explicar essas fantasias”, disse Christian Joyal, autor principal da pesquisa, após ver o grande número de homens que fantasiam sobre sexo anal ou em ver sua parceira fazer sexo com outro homem .



Os pesquisadores categorizaram as fantasias em:


Incomum: se 15,9% — ou menos — mostram que já tiveram tal desejo.

Comuns: se 50% a 84,1% das pessoas tem tal fantasia.

E por fim:

Típica: se mais de 84,1% das pessoas apontaram curtir a mesma fantasia.

Fantasia de sexo com animais foi colocada como rara, sexo com prostituta como incomum e receber sexo oral — ou sexo a três com duas mulheres — como típica. Abaixo, veja a lista das 52 fantasias do teste:





comentem:




Postagens mais visitadas