sábado, 4 de março de 2017

O que é Crossdresser?



Normalmente  a palavra Crossdresser é confundida com transexualidade ou travestilidade, mas não há ligação alguma entre essas três categorias.

Crossdressing é um fenômeno comum na sociedade, e nada mais é do que o comportamento de usar roupas diferentes do sexo anatômico. E isso, para o indivíduo adepto à prática, é necessário para compor sua autoestima, seja todos os dias ou apenas vez ou outra. Em geral, não há regras.






A experiência crossdresser


Na experiência crossdresser não existe a necessidade de realizar alterações corporais como, por exemplo, terapia hormonal ou uso de silicone. Além disso, ao contrário do que muitos pensam, a pessoa crossdresser não usa adereços do sexo oposto para se sentir excitada. Ser crossdresser é apenas mais uma das formas subjetivas da sexualidade se expressar na sociedade.





Outro ponto importante para ser elucidado, é que a maioria dos crossdressers possui identidade de gênero masculina, ou seja, não se sentem mulheres. Aliás, muitos possuem esposas e namoradas que apoiam e os auxiliam nas produções.









Pessoas crossdresser não são loucas ou devem ser “curadas”. São apenas seres humanos expressando a sua sexualidade.

Se você quiser esclarecer dúvidas ou procurar orientação, você pode conversar com um psicólogo especializado em identidade sexual e de gênero.






Bom amigas e amigos, considero uma crossdesser com homem bissexual, mas deixando bem claro que nem todo homem bi quer ser crossdresser, ai vai de sua opção e preferência! 



Comentem:

5 comentários:

  1. Oi, Cássia! Fui eu que comentei aqui outro dia, vim pela sua indicação. postagem, o vídeo do Laerte completou bem. Acho muito legal quando uma pessoa se mostra aberta a esse mundo, principalmente porque há muita confusão em relação ao crossdressing. Legal você ter esclarecido que a identidade de gênero ou sexualidade não está necessariamente ligada a isso. Eu por exemplo, sou uma crossdresser gay e já conheci algumas crossdressers heterossexuais. Mas talvez a bissexualidade esteja realmente muito presente nessa prática. Beijos, continue postando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada mais uma vez pela sua participação! Concordo contigo! e que bom que está adorando meu blog! bjs

      Excluir
  2. O CD masculino que se denomina hetero usa "adereços" (vibrador por exemplo) na sua prática? Ou seja, quando está montado procura sentir-se mulher sendo penetrado?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ser Crossdresser é apenas no meu ponto de vista um fetiche, uma maneira de se exitar seja estando sozinho ou mesmo com uma companheira(o). Ser penetrado é uma opção do momento, isto é, se tiver vontade! não necessariamente tem que haver relação de alguma forma. Bjs da Morena

      Excluir

Deixem comentários para mim!

Postagens mais visitadas