segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Homem que gosta de usar lingerie é gay, ou é apenas um fetiche?



A sexualidade humana é muito complexa, até pela ausência de estudos mais sérios dentro desse assunto entre os humanos e animais. Mas acho totalmente normal e é muito mais comum que imaginamos, havendo mais relatos semelhantes em países mais desenvolvidos como os Estados Unidos. Trata-se de um fetiche comum em nossa sociedade e nada tem a ver com a preferência sexual, pois, o prazer encontra-se justamente no uso de determinadas peças de roupas. Não se trata de anormalidade, pecado ou indecisão quanto à identidade sexual, é apenas mais uma particularidade que faz de nós, pessoas, únicos e não uma massa uniforme e impessoal. 





Entre as fantasias do universo masculino, talvez o mais estranho aos olhos da mulher é quando o parceiro quer ser como... ela. Mas o fetiche existe e, muitas vezes, não se trata de desvio na orientação sexual. Segundo a terapeuta sexual Sylvia Maria Marzano, o que eles querem é colocar o lado feminino para fora, com o uso de lingerie ou roupas femininas. Ou ainda pode ser que façam isso apenas por curiosidade ou pelo fetiche mesmo.






Não se sinta culpado e não pense que tem atitudes erradas. Intimamente todos temos segredos e se sentir confiança diga para sua companheira e explique que é apenas um fetiche. Se não se sentir seguro não conte ainda e entenda que é apenas um detalhe da sua vida intima e que esse comportamento não te define em nada. Seu caráter e modo de agir é outro assunto independente. 





O casal não sofre com esse fetiche do marido , se ela faz parte do processo de erotização do casal, não há necessidade de procurarem ajuda profissional. Não existe a menor possibilidade que ele se torne gay, o mesmo se diz no caso o fetiche for dela em resolver usar usa cueca. Mais vale apena acrescentar que antes de se realizar um fetiche assim na vida de um casal, que tenha uma conversa sobre o assunto e que esteja em acordo das duas parte em realiza-la, afinal todo fetiche te que ser prazeroso para os dois, ou pelo menos aceitação amigável da companheira(o). 




Afinal pessoal Fetiche é Fetiche não cabe aqui criticar e sim entender

Comentem:



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixem comentários para mim!

Postagens mais visitadas